A CONSTRUÇÃO DO ETHOS EM MARÍLIA DE DIRCEU DE TOMÁS ANTÔNIO GONZAGA

Autores

  • Jaciel Ribeiro Rodrigues UEMA
  • Layana Kelly Pereira de Holanda UFPI

DOI:

https://doi.org/10.18817/rlj.v5i01.2571

Resumo

O presente artigo propõe-se a destacar a construção de ethos da personagem Dirceu, na obra Marília de Dirceu de Tomás Antônio Gonzaga. Para isso, a pesquisa sustenta-se na Análise do Discurso Francesa, especificamente na teoria de Maingueneau (2008). A pesquisa parte da problemática: Como se apresenta a construção do ethos de Dirceu na obra Marília de Dirceu? Analisou-se, a Lira I da parte I, como forma de recorte da pesquisa. A Lira tem como temática: provar por meio de suas posses e do seu caráter que Dirceu é um homem honrando e respeitado por todos, ganhando a confiança de seu destinatário, no caso Marília. O eu-lírico constrói uma imagem de si exemplar, em um discurso que inspira confiança, enfatizando sua humildade, simplicidade e o amor verdadeiro. A metodologia partiu de uma pesquisa bibliográfica, interpretativa e analítica, de cunho qualitativo, tendo como base os teóricos, além do mencionado acima, Amossy (2008) e Eggs (2008), entre outros. Observou-se que a Lira I da parte I, corresponde-se a elementos de corporalidade que implica no modo de atuação no espaço social do sujeito.

 

Palavras-chave: Discurso. Construção de ethos. Marília de Dirceu. Tomás Antônio Gonzaga.

Biografia do Autor

Jaciel Ribeiro Rodrigues, UEMA

Possui graduação em Letras Português/Inglês pela Universidade Anhanguera Uniderp e Letras Português/Literatura pela Universidade Estadual do Maranhão - UEMA. Especialista em Ensino de Língua Portuguesa e Literatura Brasileira pelo Instituto de Ensino Superior Franciscano – IESF. Pós-graduando em Literatura e Ensino pela – UEMANET.

Layana Kelly Pereira de Holanda, UFPI

Possui Graduação em Letras Português pela Universidade Estadual do Piauí - UESPI. Especialista em Linguística e Ensino pela Universidade Estadual do Piauí - UESPI. Especialista em Docência para a Educação Profissional pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial - SENAC-SP. Mestra em Letras pela Universidade Federal do Piauí - UFPI, área de concentração em Estudos de Linguagem (Linguística) e linha de pesquisa: Descrição do Português na perspectiva enunciativa da teoria das Operações Predicativas e Enunciativas. É membro do grupo de Estudo das Teorias Operativas Enunciativas - GETOE na UFPI de Teresina. Pesquisadora na área da Enunciação e Ensino de Gramática.

Downloads

Publicado

2021-07-30

Como Citar

RIBEIRO RODRIGUES, J.; KELLY PEREIRA DE HOLANDA, L. A CONSTRUÇÃO DO ETHOS EM MARÍLIA DE DIRCEU DE TOMÁS ANTÔNIO GONZAGA. REVISTA DE LETRAS - JUÇARA, [S. l.], v. 5, n. 01, p. 359-372, 2021. DOI: 10.18817/rlj.v5i01.2571. Disponível em: https://www.ppg.revistas.uema.br/index.php/jucara/article/view/2571. Acesso em: 26 set. 2021.