A ORIGEM COMO FORMA DE SUPERAÇÃO DA GUERRA COMO CATÁSTROFE, EM SE O PASSADO NÃO TIVESSE ASAS, DE PEPETELA

Autores

  • Adriano Guedes Carneiro Universidade Federal Fluminense

DOI:

https://doi.org/10.18817/rlj.v5i01.2460

Resumo

O presente artigo tem por objetivo demonstrar como o conceito de Origem – Ursprung – conforme preconizado por Walter Benjamin foi utilizado no romance Se o passado não tivesse asas, do escritor angolano Pepetela, como forma para superar a guerra como catástrofe. Pepetela é o mais importante escritor angolano e ganhador do Prêmio Camões em 1997. Angola foi colonizada por Portugal. Tornou-se independente, após 14 anos de conflito. A independência lançou o país na guerra civil, entre MPLA, UNITA e FNLA, que durou até 1990. No entanto, a guerra foi retomada em 1992 e só se extinguiu em 2002. No romance, Himba é a menina que sobrevive à explosão do caminhão que levava sua família para Luanda. Mantém-se viva, graças aos restos de comida dos restaurantes locais jogados num contentor de lixo. Em 2002, ela constata a morte de toda a sua família, após visitar o seu antigo município natal. Resolve alterar sua identidade, passando a se chamar Sofia Moreira. Neste ato, entendo estar-se realizando o Ursprung. Ela começa a trabalhar em um restaurante. Torna-se sócia e depois proprietária do estabelecimento. Para tanto, subtrai os direitos de Ezequiel, o filho deficiente da antiga dona do restaurante. Ao se tornar Sofia, ela deixa para trás a vítima e se torna a predadora, sobrevivendo à guerra e podendo superar finalmente o conflito civil. Usamos a contribuição teórica de Walter Benjamin, Kwane Anthony Appiah, Stuart Hall, Michael Löwy, Jeanne Marie Gagnebin, Georges Didi-Huberman e Renata Flávia da Silva.

Palavras-chave: Se o passado não tivesse asas. Pepetela. Origem. Guerra. Catástrofe.

Biografia do Autor

Adriano Guedes Carneiro, Universidade Federal Fluminense

Mestre em Estudos Literários pela Universidade Federal Fluminense, na subárea de Literatura Portuguesa e Literaturas Africanas de Língua Portuguesa pela Universidade Federal Fluminense. Graduação em Letras pela Universidade Federal Fluminense.

Downloads

Publicado

2021-07-30

Como Citar

CARNEIRO, A. G. A ORIGEM COMO FORMA DE SUPERAÇÃO DA GUERRA COMO CATÁSTROFE, EM SE O PASSADO NÃO TIVESSE ASAS, DE PEPETELA. REVISTA DE LETRAS - JUÇARA, [S. l.], v. 5, n. 01, p. 27-42, 2021. DOI: 10.18817/rlj.v5i01.2460. Disponível em: https://www.ppg.revistas.uema.br/index.php/jucara/article/view/2460. Acesso em: 15 out. 2021.